Wednesday, August 02, 2006

Samba Cozinheiro...!


Estou a ficar velha.

Fiz o meu primeiro "plano doméstico": A minha cozinha vai ter que ter, obrigatoriamente, uma aparelhagem. Só faço alguma coisa de jeito com música (e isto não se aplica apenas na cozinha...)!
A Elis Regina ajuda-me, notoriamente, a preparar saladas, a aquecer sopa e rissóis e até a pôr a mesa...! O Chico Buarque é um especialista em fazer massas variadas, sempre com o mesmo molho picante!

Que era de mim sem vocês, meus "musicozinheiros"?
Seria para sempre uma "aquecedora" de lasanhas de microondas!

Mas só quando estou sozinha é que posso ligar a aparelhagem do meu quarto e pôr aquilo aos berros para que se ouça perfeitamente na cozinha...

Por isso está feito o meu primeiro "plano doméstico" a longo prazo.
Uma aparelhagem na cozinha.

Sabes que quando penso na minha cozinha, na minha aparelhagem com fins terapêutico-domésticos e em mim a sambar na cozinha...a tua imagem vem sempre atrás!
As tuas mãos vêm sempre agarradas às minhas ancas que rebolam enquanto pelo os tomates... Os teus lábios vêm sempre colados ao meu pescoço que balança ligeiramente ao ritmo da minha tão adorada Elis... Vejo-te a dançares comigo, a chamares-me trenga diversas vezes, e ris... Ris como ríamos quando estávamos juntos, daquela maneira soluçante e incontrolável que nos arrasta para o chão.

Ris como se nada tivesse destruído o nosso amor.

E aí eu sei que esta imagem é apenas um sonho estúpido de uma adolescente não conformada com as peripécias do destino.

E irrita-me.

Irrita-me porque não consigo pensar no meu futuro (não profissional) sem ti. Porque não consigo pensar nas coisas simples e bonitas da existência humana sem que apareça um rapaz de t-shirt vermelha amarrotada e calças de ganga dois números acima do que realmente usa. Porque tu fazes sempre parte dos meus sonhos e está errado...

Muito errado...

Terrivelmente errado!

E eu já não sei o que fazer porque até ao escrever sobre trabalhos domésticos tu surges.

E está errado.

Muito errado...

6 comments:

Catarina said...

olaaaa lady! =P
ta mto giro o texto... mas ixto axim n pode ser! part pa outo miga! tou ctg pa td o k prexixares!!! =)
bjo gand*
continua a escrever mtooooooo

Anonymous said...

:)

Gostei prima!

Já vi que é de familía o dom da escrita :P


BJOOOOOO

Prima da Pé

inês* said...

gostei mto do textinho,gosto mto da forma natural e complicada,afinal nada complicada como escreves.

mas não pode ser,a vida é pa frente e tens d pensar em ti,o passado n é futuro!

a elis e o chico ajudam realmente na cozinha,no quarto,na sala,chegam sempre,em qualquer lado pa nos ajudar,assim,d mansinho.



tens o dom da escrita!:)

o dom d me fazers um bocadinho feliz,tb fazes parte da minha felicidade!:P:P:P:P:D:D:D:D:D*

beijinho gordinho

continue...

Anonymous said...

Bem bom texto realmente ..do picante se faz a vida x)
Que tens jeito ja te disse mtas vezes..senao o que seriam dos meus textos filosóficos sem a tua "vista d olhos"?!
Esse errado...acabará por um dia deixar de existir..confia em mim : )
mando-te um beijo cintilado enquanto " pelo os tomates" **

Rita*

Lord of Erewhon said...

JAJAJAJAJA!!!
Gostei muito deste texto.
Dark kiss.

Always said...

Continua a escrever... não tenhas medo, estás no bom caminho. :)

A.